quinta-feira, 14 de maio de 2020

COLUNA DO DIA- Alegria no meio da pandemia do COVID-19


Por. Elizabeth Szilassy 


Este ano de 2020 será um para se lembrar, embora nem só por causa dos transtornos causados pelo COVID-19. 


Depois de 8 anos com poucas chuvas, o ano de 2020 está sendo abençoado com muita chuva. Em apenas 4 meses, já caiu acima do total dos anos anteriores, Graças a Deus. Deu para encher quase todos os reservatórios, barreiros, as cisternas do Programa Um Milhão de Cisternas. As barragens também estão quase todos cheias. Santana II, Poço Fundo e Machados estão cheias; apenas Oitis (71,5 %) e Eng. Gercino Pontes - Tabocas (62,8 %) não encheram ainda não, mas estão enchendo. 


As lavouras estão bonitas. Os agricultores já estão começando a colher milho e feijão. Sem falar na colheita do Umbu, Cajá, Seringuela, Laranja, Mamão, Goiaba, Melancia, Maxixe, Jerimum, Macaxeira, Batata Doce ...

Estão fazendo silagem da palha do milho para estocar ração para o gado durante a época de estiagem.

Resumindo, os agricultores estão felizes com este ano, o mais chuvoso em 9 anos, desde 2011.

Que pena que não haverá as festas juninas para comemorar esta grande safra de água e produção agrícola.


Elizabeth Szilassy - Assessora Técnica - Sec. Agricultura, Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente - Brejo da Madre de Deus.

Nenhum comentário: