terça-feira, 7 de abril de 2020

Ala bolsonarista foi contra a saída de Mandetta, diz revista


A base que apoia Jair Bolsonaro (sem partido) na Câmara foi em sua maioria contra a saída da Luiz Henrique Mandetta da pasta da Saúde, de acordo com a coluna do jornalista Guilherme Amado, da revista Época. 

O presidente iria demitir o médico, mas recuou após militares serem contra a decisão. A mudança aconteceria em meio a pandemia da Covid-19 que assola o mundo. 

Ainda de acordo com a coluna, a avaliação dos apoiadores foi de que o jogo de cadeiras atrapalharia as ações de contenção ao vírus no país. Bolsonaro chegou a dizer que “utilizaria a caneta” para demitir ministros que estavam se sentindo “estrelas”. Uma pesquisa do Datafolha revelou maior popularidade de Manetta em relação ao presidente durante a pandemia.  

À coluna, uma das mais fiéis apoiadoras do goveno, Carla Zambelli, afirmou que “a base que apoia o PR sabe que não é um bom momento para uma troca ministerial e confia no julgamento de Bolsonaro”.

Nenhum comentário: