segunda-feira, 11 de novembro de 2019

MAGNO MARTINS LAMENTA MORTE DO JONALISTA INALDO SAMPAIO


Jornalismo político empobrece com morte de Inaldo Sampaio

Meu conterrâneo do Sertão do Pajeú, São de José do Egito, reino da cantoria, o jornalista político Inaldo Sampaio, 64 anos, faleceu de madrugada. Ele teve problemas pós cirúrgico na luta contra o câncer.


Inaldo foi um dos mais talentosos colunistas do País. Antes de assinar a coluna Pinga Fogo, no Jornal do Comércio por muito tempo, foi repórter da sucursal de O Globo, no Recife, colunista da Folha de Pernambuco e ultimamente assinava coluna no Diário de Pernambuco.

Seu sepultamento será às 17 horas, no cemitério Morada da Paz. Inaldo deixa uma legião de leitores e amigos. Deixa também um vácuo na música. Era saxofonista da banda Pinga Fogo.

Magno Martins

Nenhum comentário: