sexta-feira, 24 de maio de 2019

Mais dez mulheres vão à polícia contra repórter da Record acusado de assédio



Um dos repórteres mais experientes da Record, Gérson de Souza está sendo acusado de assediar sexualmente pelo menos 12 mulheres, a maioria delas colegas de Redação do Domingo Espetacular. Sete denúncias foram feitas nesta semana ao departamento de Recursos Humanos da emissora.
Nesta quinta (23), sob orientação e com assistência jurídica da Record, duas delas registraram Boletim de Ocorrência por assédio sexual e difamação. E, no fim da tarde, mais cinco mulheres apresentaram queixa contra o profissional no RH.

Souza nega as acusações e diz que são "revanchismo" de uma das denunciantes, uma produtora, repórter que atua atrás das câmeras na apuração de informações e agendamento de entrevistas e gravações. "Não houve nada, não assediei ninguém", defende-se ele.

Nenhum comentário: