Uma fiscalização de informalidade e trabalho degradante realizada por Auditores Fiscais do Trabalho nessa quarta-feira, 10, em Arcov...

Auditores Fiscais do Trabalho resgatam trabalhadores em condição análoga à escravidão

sexta-feira, abril 12, 2019 Marcelo Santa Cruz 0 Comentários



 Uma fiscalização de informalidade e trabalho degradante realizada por Auditores Fiscais do Trabalho nessa quarta-feira, 10, em Arcoverde, flagrou 10 trabalhadores em condições análogas à escravidão em uma fazenda. A operação deflagrada pela Superintendência do Trabalho em Pernambuco teve apoio da Polícia Rodoviária Federal e Ministério Público do Trabalho.
Segundo os cinco auditores que participaram da ação, na fazenda foram encontrados 37 empregados sem registro na CTPS, arregimentados em outros municípios da região, como Camocim de São Félix e Buíque. Os 10 homens em situação semelhante à escravidão estavam dormindo em cima de caixotes, dentro de alojamentos em péssimas condições.
Nas áreas de trabalho foram detectadas ausências de instalações sanitárias, local para refeição, água e equipamentos de segurança. Nos locais de aplicação dos agrotóxicos havia risco de contaminação dos trabalhadores por falta desses equipamentos.
Os fiscais emitiram 50 autos de infração e multas, além de interditarem dois alojamentos e duas máquinas de pulverização. O proprietário da fazenda ainda pode responder criminalmente por submissão do trabalhador a esse tipo de circunstância. Os empregados devem ser indenizados e cada um receberá, em média, R$ 3 mil

0 comentários: