O promotor de eventos Rosielson Farias Nóbrega, de 29 anos, conhecido como Kako Farias, foi encontrado morto dentro da casa onde ele mora...

Promotor de eventos é encontrado morto dentro de casa

quinta-feira, janeiro 03, 2019 Marcelo Santa Cruz 0 Comentários

Resultado de imagem para promotor de eventos morto em recife
O promotor de eventos Rosielson Farias Nóbrega, de 29 anos, conhecido como Kako Farias, foi encontrado morto dentro da casa onde ele morava, no bairro de Água Fria, na Zona Norte do Recife. O corpod e Kako foi encontrado pela irmã dele na noite da quarta-feira. A causa da morte ainda é desconhecida, mas o Instituto de Criminalística (IC), que realizou perícia no local, concluiu que se trata de um assassinato e suspeita que o homem tenha sido morto por asfixia. A hipótese de suicídio foi descartada.
Quando foi encontrado sem vida pela irmã, Rosielson estava deitado de bruços em um colchão em um dos quartos da casa. Ele usava apenas uma bermuda, que estava na altura dos joelhos, e tinha um lençol enrolado na cabeça. De acordo com a Polícia Civil, Rosielton teria bebido com dois homens nas proximidades de casa pouco tempo antes de ser encontrado morto. Dois celulares foram levados da casa da vítima e moradores viram quando os suspeitos deixaram o local.
Apesar de a casa do promotor de eventos ter sido revirada, não havia sinal de luta corporal. “Provavelmente o crime foi cometido por mais de um agressor ou por uma pessoa muito mais forte do que ele”, comentou o perito Tadeu Cruz. Rosielson morava sozinho no local havia apenas um mês.
A delegada Vilaneida Aguiar, responsável pelo caso, ainda não desconsidera nenhuma hipótese para o crime. A principal linha de investigação, porém, é a de um acerto de contas, já que a vítima havia comentado com amigos e parentes que estava precisando de dinheiro para pagar uma dívida. “Achamos que os indivíduos estavam cobrando esse valor”, analisa a delegada.O promotor de eventos Rosielson Farias Nóbrega, de 29 anos, conhecido como Kako Farias, foi encontrado morto dentro da casa onde ele morava, no bairro de Água Fria, na Zona Norte do Recife. O corpod e Kako foi encontrado pela irmã dele na noite da quarta-feira. A causa da morte ainda é desconhecida, mas o Instituto de Criminalística (IC), que realizou perícia no local, concluiu que se trata de um assassinato e suspeita que o homem tenha sido morto por asfixia. A hipótese de suicídio foi descartada.
Quando foi encontrado sem vida pela irmã, Rosielson estava deitado de bruços em um colchão em um dos quartos da casa. Ele usava apenas uma bermuda, que estava na altura dos joelhos, e tinha um lençol enrolado na cabeça. De acordo com a Polícia Civil, Rosielton teria bebido com dois homens nas proximidades de casa pouco tempo antes de ser encontrado morto. Dois celulares foram levados da casa da vítima e moradores viram quando os suspeitos deixaram o local.
Apesar de a casa do promotor de eventos ter sido revirada, não havia sinal de luta corporal. “Provavelmente o crime foi cometido por mais de um agressor ou por uma pessoa muito mais forte do que ele”, comentou o perito Tadeu Cruz. Rosielson morava sozinho no local havia apenas um mês.
A delegada Vilaneida Aguiar, responsável pelo caso, ainda não desconsidera nenhuma hipótese para o crime. A principal linha de investigação, porém, é a de um acerto de contas, já que a vítima havia comentado com amigos e parentes que estava precisando de dinheiro para pagar uma dívida. “Achamos que os indivíduos estavam cobrando esse valor”, analisa a delegada.

0 comentários: