O governador Ricardo Coutinho anunciou, nesta segunda-feira (5), um calendário de inaugurações com 100 obras. Os empreendimentos deverão ...

De saída, Governador da Paraíba fará maratona de entrega de obras; confira lista

terça-feira, novembro 06, 2018 Marcelo Santa Cruz 0 Comentários

O governador Ricardo Coutinho anunciou, nesta segunda-feira (5), um calendário de inaugurações com 100 obras. Os empreendimentos deverão ser entregues até o último dia do ano, quando o socialista deixará o cargo. O pacote, que representa R$ 210 milhões de investimentos, inclui obras nas áreas da educação, infraestrutura, saúde, cultura, mobilidade urbana, saneamento e abastecimento. O anúncio foi feito durante o programa semanal Fala Governador, transmitido em cadeia estadual pela rádio Tabajara.
“Vamos entregar 100 obras até o fim do ano, as quais representam R$ 210 milhões e ainda deixaremos cerca de 80 obras em execução para serem entregues por João Azevêdo (PSB), no próximo ano. Entre as Escolas Técnicas que faltam ser concluídas, entregaremos as de Itaporanga e Serra Branca e ficarão as escolas de Sousa e Guarabira para João entregar”, disse o governador. Ele acrescentou: “Também teremos a satisfação de inaugurar a grande reforma do Teatro Santa Catarina, em Cabedelo. Já em Campina Grande, vamos entregar as obras do Mutirão do Serrotão”, comentou Ricardo Coutinho.
Segundo o governador, entre as inaugurações previstas, 49 obras são relacionadas às áreas de saneamento e abastecimento d’água. São quase R$ 38 milhões aplicados em obras como o sistema adutor Nova Camará e a adutora de Arara; além do sistema de abastecimento d’água de Paulista; a adutora de Bernardino Batista; o sistema de abastecimento d’água da cidade de Emas; o sistema de abastecimento da área do R21, em João Pessoa, entre outras ações.
Também serão inauguradas, até o final de dezembro, 31 obras de responsabilidade da Superintendência de Obras do Plano de Desenvolvimento do Estado (Suplan), que representam mais de R$ 100 milhões de investimento. Entre elas, 12 são na área da educação; 11 ligadas à infraestrutura; quatro de saúde; três em áreas diversas e uma obra na área da cultura.

0 comentários: