Os homens que, fantasiados da série La Casa de Papel, tentaram invadir o Centro de Triagem Professor Everaldo Luna (Cotel), em Abreu e...

MPPE denuncia youtubers

domingo, maio 20, 2018 Marcelo Santa Cruz 0 Comentários


Os homens que, fantasiados da série La Casa de Papel, tentaram invadir o Centro de Triagem Professor Everaldo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, no Grande Recife, foram denunciados criminalmente pelo Ministério Público de Pernambuco (MPPE). A tentativa de invasão aconteceu no dia 17 de abril.
O grupo era formado por quatro pessoas, sendo uma delas um adolescente. Os três adultos foram denunciados pelos crimes de atentar contra a segurança de serviço de utilidade pública, desacatar funcionários públicos no exercício da função, provocar alarme ou ato capaz de produzir pânico ou tumulto, além de corrupção de menor de 18 anos.
A denúncia foi oferecida pela Promotoria de Justiça de Abreu e Lima. “No dia 17 de abril os denunciados, agindo com manifesto dolo, ingressaram sem autorização no Cotel, atentando gravemente contra a segurança do estabelecimento prisional”, diz o texto da denúncia.
Com macacões vermelhos e máscaras do pintor espanhol Salvador Dalí, o grupo foi detido por agentes penitenciários e encaminhado para a Delegacia de Paulista, também na Região Metropolitana. Depois de audiência de custódia, eles foram liberados sob pagamento de fiança.
A promotoria aponta ainda que o grupo se aproximou de uma estrutura de alta segurança da unidade prisional, desencadeando atuação imediata dos agentes penitenciários, que acreditaram estar em curso uma invasão com a finalidade de resgate de presos.
O Ministério Público afirma ainda que, além de ocasionar risco de morte, em razão da possibilidade de serem efetuados tiros contra eles, a ação dos denunciados gerou tumulto generalizado no centro de triagem.
“Grande parte dos agentes penitenciários foram mobilizados para contenção e dominação dos invasores, fato que deixou outras áreas do estabelecimento vulneráveis e ocasionou evidente perigo ao serviço prestado pelo Cotel”, aponta ainda a denúncia.

0 comentários: