O ator  Bruno Gagliasso  registrou queixa nesta segunda-feira (27) na delegacia pela injúria racial de que a filha dele, de quatro anos...

Bruno Gagliasso denuncia ofensas raciais publicadas contra a filha Titi

quarta-feira, novembro 29, 2017 Marcelo Santa Cruz 0 Comentários

Resultado de imagem para BRUNO GAGLIASSO DENUNCIA

O ator Bruno Gagliasso registrou queixa nesta segunda-feira (27) na delegacia pela injúria racial de que a filha dele, de quatro anos foi vítima. A polícia do Rio afirma que a agressora vai responder pelo crime, mesmo que more fora do Brasil.
Bruno Gagliasso esteve, na manhã desta segunda-feira (27), na Cidade da Polícia, Zona Norte do Rio. Como protagonista de uma cena da vida real, foi registrar queixa na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática.
A filha dele, a pequena Tissomo, foi ofendida em um vídeo postado na internet por uma brasileira que supostamente mora no Canadá.
“Eu senti, eu acho que o que qualquer ser humano decente sentiria, né? É tristeza. É uma sensação de impotência. Covardia, né? É uma criança”, disse o ator.
Imagem relacionada
No vídeo, Day McCarthy, que se define como escritora, faz comentários racistas com referências ao cabelo e à cor da pele da criança. Titi foi adotada por Bruno e Giovanna em 2016, depois de uma viagem ao Malawi, na África, um dos países mais pobres do mundo. A menina tem quatro anos de idade e esta não foi a primeira ofensa que ela recebeu.
“Ano passado tiveram dois casos, o primeiro caso foi encontrado, era uma menor de idade, ela respondeu tudo que tinha que responder, os pais também responderam. Tem outro caso em andamento, também, que vai ser pego”, disse Gagliasso.
Ofender uma determinada pessoa por causa da cor da pele configura crime de injúria racial. A pena prevista é de um a três anos de prisão. O crime não prescreve, ou seja, pode ser investigado e julgado até daqui a cem anos.
A Polícia Civil abriu inquérito e descobriu que Day McCarthy se chama Dayane Alcântara Couto de Andrade, tem 28 anos e é capixaba. Não é a primeira vez que ela ofende alguém pela internet.
“Essa pessoa vai ser intimada a prestar depoimento. Apesar de parecer que ela está fora do Brasil, mesmo assim a lei penal é aplicada a ela, ela responde, sim, por todos os crimes cometidos contra a filha do Bruno Gagliasso”, explicou a delegada Daniela Terra.
“Ela vai ser citada no Canadá, vai constituir advogado no Brasil, vai se defender, e se assim for comprovado, vai ser condenada”, disse o professor de direito da FGV-Rio Gustavo Kloh.
Titi é filha de atores famosos, e, assim como ela, muitos brasileiros ainda são agredidos pelo preconceito, como a Eloísa, por exemplo.
“Eu era funcionária de um mercado, operadora de caixa, e eu estava atendendo, e a cliente me ofendeu. Me senti mal, uma sensação de impotência, de não poder fazer nada, até porque eu estava exercendo meu trabalho, então não podia me defender”, contou.
“Estou aqui por todo mundo que foi ferido e foi desrespeitado, porque o crime que ela cometeu afeta todo o país e muita gente, que sofre com isso”, desabafou o ator.
Por e-mail, uma pessoa que se identificou como assistente de Dayane Alcântara Couto de Andrade disse apenas que ela não virá ao Brasil para responder pelas acusações.

0 comentários: