POR. LENIVALDO ARAGÃO O chavão “coisas do futebol” a cada jogo apresenta uma nova faceta. Essa disputa proporcionada pelas eq...

DIEGO SOUZA, HERÓI E VILÃO?

segunda-feira, outubro 30, 2017 Marcelo Santa Cruz 0 Comentários




POR. LENIVALDO ARAGÃO


O chavão “coisas do futebol” a cada jogo apresenta uma nova faceta. Essa disputa proporcionada pelas equipes do Sport e do Coritiba entrou para a história. É verdade que a torcida rubro-negra não compareceu maciçamente ao Estádio da Ilha do Retiro. Preferiu a TV, no conforto do lar. Ou do bar. Quem sabe se por receio do que poderia acontecer? Jogo emocionante, com várias alternâncias no placar. O Coxa saiu na frente, o Leão virou, depois de perder um pênalti, os paranaenses empataram, os pernambucanos ficaram na frente outra vez (3 x 2), tiveram a chance de aumentar a vantagem, mas perderam outra penalidade máxima. Aí, o time da terra dos pinheirais encontrou forças para reagir e ganhar o jogo, deixando a equipe da casa de cara pro chão.  Sport 4 x 3 Coritiba mostrava o placar. 

O futebol tem seus caprichos. Em qualquer jogo do Sport, Diego Souza é o centro das atenções. É o melhor e mais badalado do time. Voltou a atrair intensamente as atenções, depois de ser novamente convocado para a Seleção pelo técnico Tite. O treinador da Canarinha tem feitos muitos elogios ao meia do Leão. Pois, foi ele quem chutou os dois pênaltis que o Sport perdeu, ambos defendidos pelo goleiro Wilson, para mim, o herói do jogo. Diego Souza só consegue escapar da ira implacável da torcida leonina por ter marcado dois gols. Todavia, estes ficaram em segundo plano, uma vez que o que se comenta é o desperdício dos pênaltis.

Casualmente, na manhã desta segunda-feira (30 de outubro), encontrei o ex-lateral esquerdo Pedrinho (Bangu, Corinthians e Santa Cruz) numa fila de supermercado. “Como é que pode o craque do time perder dois pênaltis? Não era pra perder nenhum. O jogador tem a barra aberta na sua frente, só com o goleiro, coitado, não pode errar”, vociferava. Pedrinho não é torcedor do Sport, mas fala como se fosse. Para mim, não é o caso de perder um pênalti, mas dois num jogo só deve mexer com a cuca de Diego. Sem querer, deu pano pras mangas aos críticos de sua reconvocação.  Não só ele será cobrado, mas o próprio Tite. 

Ao perder em casa para o Coritiba por 4 x 3, o Sport, agora comandado por Daniel Paulista, mandou às favas uma boa oportunidade de livrar-se do entulho do Z4, onde estão Ponte Preta (17º / 35), Avaí (18º / 35), Vitória (19º / 34) e Atlético Goianiense (20º / 27). O campeão pernambucano está a duas posições do calabouço. É o 15º colocado, com 35 pontos, mesma pontuação do Coritiba, o 16º. Só que o Sport leva vantagem no saldo de gol: Sport -8 x Coritiba -9. Se neste item houvesse o empate, mesmo assim o time capitaneado por Diego Souza, o dos pênaltis perdidos e dos gols marcados, estaria na frente por ter marcado o maior número de gols: Sport, 47; Coritiba, 41.

Haja sofrimento daqui para frente, a partir do próximo sábado (4 de novembro), quando o Leão enfrentará a Chapecoense, no reduto do adversário, no interior de Santa Catarina.

0 comentários: