O Partido dos Trabalhadores de Pernambuco definiu, durante reunião da Executiva estadual, ocorrida neste domingo, resoluções que devem...

PT decide que terá candidatura própria em 2018 no Estado. Armando Monteiro fica cada vez mais próximo de FBC, Bruno Araújo e Mendoncinha

segunda-feira, julho 31, 2017 Marcelo Santa Cruz 0 Comentários


O Partido dos Trabalhadores de Pernambuco definiu, durante reunião da Executiva estadual, ocorrida neste domingo, resoluções que devem ser seguidas pela legenda. Entre elas, que a sigla terá candidatura própria ao Governo do Estado, em 2018.

O Jornal Folha de Pernambuco destacou que, de acordo com o presidente estadual da legenda, Bruno Ribeiro, a resolução pela candidatura própria foi tomada por unanimidade dos presentes. Ele acrescentou que será definida uma agenda de debates até dezembro, mas adiantou que por ora não foi discutido nomes para a disputa. Indagado se a decisão era definitiva, ele disse que é o encaminhamento tomado pelo partido, que, a partir de agora, vai buscar aliados para o projeto.

A Folha de Pernambuco lembrou ainda que na última disputa estadual, o PT caminhou ao lado do senador Armando Monteiro Neto, do PTB, que tem se aproximado do G-4, grupo de ministros pernambucos do Governo Michel Temer e adversários dos petistas. 

A decisão do PT, tomada e anunciada neste domingo, põe por terra qualquer possibilidade de Armando Monteiro ter novamente o apoio dos petistas, que agora fecharão acordos políticos apenas com legendas do campo esquerdista, como o PC do B, por exemplo.

Armando deverá então buscar alternativas para se manter vivo, de olho em 2018, e a mais provável é a oficialização da nova composição da oposição no estado, compondo ele com Mendonça Filho, Bruno Araújo e Fernando Bezerra Coelho. Tal configuração, caso seja concretizada, deverá causar um sério dano político ao governador Paulo Câmara, que vê, desta maneira, se diluir o fortíssimo palanque desenhado e materializado por Eduardo Campos para as eleições de 2010 e 2014.

0 comentários: