Amigos brejenses, até que ponto chega uma atitude invejosa e babaca? Isso, não sabemos, mas sabemos bem,  que talento não se compra e que ...

NOTA AOS BREJENSES:

terça-feira, abril 25, 2017 Marcelo Santa Cruz 0 Comentários


Amigos brejenses, até que ponto chega uma atitude invejosa e babaca? Isso, não sabemos, mas sabemos bem,  que talento não se compra e que carisma tem, quem tem brilho próprio!

Resultado de imagem para sinal de negativoHá alguns meses, fui convidado pelo Prefeito Hilário Paulo, para produzir o hino de Brejo da Madre de Deus. Um trabalho planejado junto aos órgãos competentes, que será apresentado em três versões no aniversário da cidade.

Numa atitude desesperada por mídia, o empresário Rubinho Nunes mandou gravar uma versão do hino, isso, depois que levarmos a público e ser veiculado nos principais blogs da região, o PROJETO NOSSO HINO. O empresário que brinca de ser líder, tomou esta atitude apenas para dizer que quem gravou pela primeira vez, foram os profissionais pagos por ele, mas nunca este feito entrará para a história da cidade, pois foi um golpe baixo e infeliz!

O que tenho a dizer ao empresário, é que Deus sabe bem o caminho que devemos seguir, e hoje, me sinto feliz por ter feito a escolha certa e ter me distanciado de pessoas sem carisma, sem criatividade, que são ricos de inveja e obsessão pelo poder.

A atitude de gravar o hino, foi desrespeitosa e estúpida, ao ponto do mesmo se classificar como "Produtor".  É por isso que você Rubinho, está sendo chamado pela população de BURRINHO (Com todo merecimento).

Rubinho, você foi desrespeitoso com todos os brejenses, com Dona Marly Mendonça, com Guadalupe, com Liv Moraes, com Savinho do Acordeon, com Romildo Silva e com todos os músicos brejenses convidados para este marco cultural.

Nosso projeto, nobre empresário,  envolve artistas brejenses, o senhor convidou pessoas de fora para gravar uma versão que mais parece uma MACHA FÚNEBRE. Brejo é alegre e não combina com o clima de derrota que sua versão transmite. O senhor verá no dia 26 de Maio como se trabalha com música, como se produz e como se valoriza os brejenses. Sua versão invejosa e triste, não vai tirar o brilho do trabalho que apresentaremos no aniversário da cidade, e nem tão pouco estragar as comemorações deste dia tão importante, pois música se produz com amor, e não com sentimento de inveja. Tenho certeza absoluta, que nosso trabalho coletivo será o escolhido pelo povo do Brejo para reverenciar as tradições e vai ser o maior sucesso! 

Só tenho a lamentar esta atitude de imaturidade política, dizer que o senhor Rubinho, pode copiar tudo, menos os 12,885 votos que Hilario Paulo teve para prefeito. Se Rubinho quiser, pode até passar num chaveiro, mandar copiar uma chave da prefeitura, mas nunca sentará na cadeira de prefeito desta cidade!

Liso, mais criativo- Marcelo Santa Cruz

0 comentários: