No ultimo sábado, 31 de dezembro, o líder do PT no Senado, o senador pernambucano Humberto Costa, se envolveu em uma confusão no Recif...

Humberto Costa se envolve em briga no Recife

terça-feira, janeiro 03, 2017 Marcelo Santa Cruz 0 Comentários

Resultado de imagem para humberto costa briga
 
No ultimo sábado, 31 de dezembro, o líder do PT no Senado, o senador pernambucano Humberto Costa, se envolveu em uma confusão no Recife quando fazia compras em uma livraria. De acordo com o parlamentar, ele estava na fila do caixa quando um homem o agrediu verbalmente e depois fisicamente.
 
O senador disse que fará uma queixa na Polícia Civil contra o homem, afirmando que o episódio “será apurado através dos canais competentes, ou seja, da polícia e da justiça”. Confira a nota de esclarecimento de Costa.
 
“O clima de ódio e intolerância perpetrado por aqueles que não aceitam o regime democrático extrapola situações e não respeita sequer o tempo dedicado à confraternização universal. Exemplo disso foi a agressão covarde que sofri hoje, último dia do ano, quando comprava livros na livraria Cultura, no Paço Alfândega, Bairro do Recife Antigo. Sem qualquer motivo, fui atacado, enquanto fazia uma consulta sobre livros, por uma pessoa completamente descompensada. Primeiro, verbalmente, tratado por vários impropérios. Não satisfeito, o agressor partiu para o ataque físico, o que foi testemunhado por vários clientes da Livraria. Não tive outra coisa a fazer a não ser me defender e defender a minha integridade física. Estamos requerendo as imagens feitas pelo serviço de câmeras da livraria. E estamos prestando uma queixa na Polícia Civil contra o meu agressor. Este episódio será apurado através dos canais competentes, ou seja, da polícia e da justiça. Trata-se de uma agressão gratuita, de caráter político, incompatível com a democracia.”
 
O deputado Federal Tadeu Alecar (PSB/PE), se manifestou hoje (02), em apoio a Humberto, classificando o ato como deplorável.
 
“Considero deplorável a agressão que o Senador Humberto Costa recebeu no último sábado (31/12), na Livraria Cultura, invadido e agredido no seus direitos civis e constitucionais, que são os de qualquer cidadão. Vivemos no Brasil tempos sombrios, de intolerância e de barbárie, em que as pessoas acham que têm o direito de agredir e interditar o direito de outrem, só porque dele se pensa diferente. Tal conduta é inaceitável, não importando se movida por uma ou outra coloração ideológica. Por isso que solidarizo-me com Humberto Costa e repudio, de forma veemente, essa agressão incivil e grave violação dos direitos individuais. Ainda mais num dia que deveria ser de fraternidade universal!”, disse o deputado em nota.

0 comentários: