Após três horas de reunião, teve fim o encontro com o prefeito Edson Vieira (PSDB) e a comissão de professores que aconteceu na prefeitu...

Após reunião, Sindicato e Prefeitura não chegam a acordo sobre repasse do Fundef

terça-feira, dezembro 13, 2016 Marcelo Santa Cruz 0 Comentários


whatsapp-image-2016-12-13-at-12-38-56
Após três horas de reunião, teve fim o encontro com o prefeito Edson Vieira (PSDB) e a comissão de professores que aconteceu na prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe no início da tarde desta terça-feira (13). A reunião foi sobre a finalidade em relação à divisão de repasses do extinto Fundef, que chega ao município. Os valores compreendem os anos de 2002 a 2006.
Na ocasião, os professores falaram sobre a situação enfrentada pela categoria nas dependências da prefeitura. Em resposta, o gestor teria afirmado que não sabia do ocorrido e que a vereadora eleita Jessyca Cavalcanti, deveria estar acompanhando o fato.
Segundo a representante do Sindicato dos professores, Elieudes Bezerra, a mesma afirmou que o prefeito só iria se pronunciar em relação ao dinheiro, após a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), porém o gestor teria relatado que os 25% já poderia gastar em investimentos na educação do município. Segundo Edson Vieira, o montante ainda não teria sido depositado.
whatsapp-image-2016-12-13-at-15-13-40
Ainda de acordo com o sindicalista, João Paulo, o prefeito teria assegurado de que caso os 60% da verba viesse carimbada aos professores, não teria discussão, porém João Paulo relatou que caso a mesma não viesse carimbada abriria uma negociação e que teria que aguardar a proposta da prefeitura.
João Paulo acrescentou que o dinheiro deverá ser depositado em uma conta específica e que poderá ser criada uma Comissão de Controle Social, para acompanhar e fiscalizar todo o investimento.
Neste momento, os professores estão realizando uma assembleia para definir os rumos da categoria para este fim de período de ano letivo. A categoria também realizará uma votação para decidir se bloqueará o dinheiro ou se será formada uma comissão para acompanhar o montante.

0 comentários: