O senador Armando Monteiro (PTB-PE) disse no Senado nesta segunda-feira (7) que o “Pacto pela vida”, principal programa antiviolência do G...

“Pacto pela vida” está “esgotado”, diz Armando Monteiro no Senado

terça-feira, novembro 08, 2016 Marcelo Santa Cruz 0 Comentários

Resultado de imagem para armando monteiro
O senador Armando Monteiro (PTB-PE) disse no Senado nesta segunda-feira (7) que o “Pacto pela vida”, principal programa antiviolência do Governo do Estado, dá “sinais de esgotamento” e sobrevive tão somente na propaganda oficial. “Na raiz dos problemas”, disse o petebista, “está a ausência de gestão e comprometimento do governo estadual com as metas do programa e o acompanhamento dos indicadores de criminalidade”.
Ele reconheceu que o programa foi “exitoso” até 2013, quando conseguiu reduzir substancialmente a taxa de homicídios em Pernambuco. Mas a partir de 2014 começou a desandar. Lembrou que em 2015 a taxa de homicídios aumentou 12%, o quarto maior índice de crescimento entre todos os estados e o pior resultado do “Pacto” desde o seu início em 2007.
Foram 3.900 mortes violentas ou 11 assassinatos, em média, por dia, conforme dados coletados no 10º Anuário Brasileiro de Segurança Pública. “Até setembro último, já foram quase 3.200 mortes violentas, um crescimento de 12% em relação ao mesmo período de 2015. A continuar esta tendência, fecharemos este ano com mais de 4.300 assassinatos. Podemos ultrapassar, ainda este ano, o número de mortes violentas do Estado de São Paulo, que tem uma população quase cinco vezes maior que a de Pernambuco”, disse o senador.

0 comentários: